Bandeira espanhola .es | +351 920 331 492 | Nós ligamos-lhe GRÁTIS!

Impressão de teses de doutoramento

Exemplo aleatório duma tese de doutoramento


À direita deste texto (encima dos telemóveis), aparece um exemplo aletório duma capa / cobertura duma das milhões de teses de doutoramento que fabricámos aos doutorandos que seguiram os nossos conselhos (que damos mais abaixo). No fim desta secção tem um link do resto de exemplos que mostramos neste site e que também irá entender melhor

0.— Consideraçôes previas


Para poder imprimir a tese de doutoramento ou o Projecto de fim de curso, é preciso um arquivo electrónico (normalmente em formato PDF). Se ainda não o desenhaste, temos algumas instruções de como desenhar e maquetar uma tese de doutoramento ou projecto de fim de curso.

1.—Impressão digital de teses de doutoramento; NÃO FOTOCÓPIAS

Nós somos uma imprensa digital e o nosso objecto é a fabricação de livros para editoriais comerciais que vendem os seus livros na FNAC ou Bertrand. Por tanto nós fazemos teses de doutoramento com a mesma qualidade comercial, e na hora de dar preços falamos sempre de livros acabados e os orçamentos damo-los em função do número de exemplares e do número de páginas por exemplar; nunca em função do número de fotocópias. Este aspecto, não obstante, tem uma sujeição que é, de igual forma que a imprensa tradicional, nós imprimimos em telas grandes, não em folhas soltas. Isto obriga-nos, em determinadas circunstancias, a imprimir os livros de 2 em 2 ou de 4 em 4.

2.—Tipo de papel para teses de doutoramento

Nós podemos imprimir as teses de doutoramento em qualquer tipo de papel, incluído papel rugoso.

Para simplificar, vamos explicar os 3 tipos de papel mais demandados pelos doutorandos para as suas teses de doutoramento:

  1. Papel normal: é o habitual, com o que imprimimos nas nossas impressoras laser. Tecnicamente chama-se "offset". É um papel branco e com poro, o que é critico na hora de encadernar e que faz também que seja mais volumoso. Tecnicamente com a mesma gramatura de papel, podem ter maior grossura o "calibre" em função do tamanho do antes mencionado poro. Isto também muda a textura.
  2. Papel acetinado, do que existem 2 tipos:
    • Couche ou cuche, que não tem poro e por tanto é muito mais fino; também tem um tom mais escuro, não é branco. Pode ter à volta dum 5% de tom grisalho. Ao não ter o tal poro, é mais difícil de encadernar e unicamente se podem ter resultados fiáveis se se faz uma "união covalente" específica. A encadernação convencional com colas de nomes estranhos não soluciona o problema. Tudo isto combinado (papel no branco, necessidade de mais gramatura para conseguir o volume habitual, e complicação para encadernar "bem") faz que os orçamentos sejam mais elevados e como consequência menos habituais. Não obstante, se o seu desejo é utilizar este tipo de papel, não há nenhum problema nisso: damos-lhe a sua tese de doutoramento garantida a 100%, como com o resto de papéis.
    • Offset satinado: Este é um papel especial que fabricámos nós especificamente para imprimir teses de doutoramento a cor. É muito suave, similar ao cuche, mas tem poro e por tanto é fácil de encadernar de um modo duradouro; tem mais grossura e sobre tudo é "branco". Este aspecto é muito importante e os editores comerciais valoram-no muitíssimo. O papel é inclusive mais branco que o offset e, por tanto, muito mais que o cuche.

3.— Peso ou gramatura do papel para teses de doutoramento

Mesmo que tecnicamente seja uma medida de "densidade" em gramas/metro quadrado, chama-se peso, porque só se utiliza o dado da massa omitindo o dos metros quadrados.

Quanto maior é o peso do papel mais rígido é, e como consequência menos flexível e por tanto é mais difícil de folhear. Por tanto não é melhor utilizar mais gramatura de papel. O melhor para as vossas teses de doutoramento é utilizar o "idóneo" que virá dado pelo tipo de páginas (cor o preto) e o número de páginas. Não é recomendável fazer teses de doutoramento de mais de 500 páginas em papel de 100 gramas, porque o livro resultante seria de 30 mm de espessor (35 em capa dura), o que dificulta o seu manejo.

4.—Opacidade ou transparência do papel para teses de doutoramento

Os nossos sistemas de impressão NÃO utilizam tinta liquida, por tanto NÃO "empapam" o papel e por tanto o que há numa cara do papel não "cala" o outro lado. Nós imprimimos Bíblias e livros similares, de mil páginas em papel de 60 gramas "ultrafino" para gerar libvros de fácil manejo o que o resultado seja perfeitamente válido.

Para as teses de doutoramento, habitualmente utilizamos papel de 100 gramas mate ou 90 gramas revestido. Se a tese é muito volumosa, recomendamos por papel de 80 gramas. Por outro lado, se é finapodemos utilizar papel de 120 gramas. Mas este papel já é muito rígido e não é recomendável. Mas temos disponível porque foi pedido uma ou outra vez.

5.—Recomendação / Conclusão

A nossa recomendação é: para teses de doutoramento maioritariamente em preto e branco, utilizar papel offset de 100 gr; si tem mais de 450 pg, utilizar papel de 80 gr.

Para teses de doutoramento a cor, utilizar papel offset revestido.

Enquanto ao papel cuche, nós não o recomendamos, pelo descrito no apartado 2 de tipos de papel. Não obstante se se precisa, podemos utilizar papel cuche de 115 gr, 130 o 150 gr. As teses de doutoramento resultantes vão ser menos volumosas (ver explicação mais encima) e como se utilizam mais "kilos de papel" vai resultar em mais caras. Por outro lado, vão ser mais pesadas e isto há pessoas que o apreciam muito; como também valoram o feito de que seja papel similar ao de las revistas comerciais.

Como detalhe final, deixamo-vos o video que se pode ver en la página de tecnologia para a impressão de teses de doutoramento onde, entre outras coisas, se vê que não é uma impressora . A continuação há uns modelos para o desenho e elaboração de maquetas de teses de doutoramento, que não têm muito sentido, mas se por acaso a alguém lhes serve......


6.—Modelos para teses de doutoramento



Estes modelosNÃO SÃO REQUISITO para que nós imprimamos e encadernemos as suas teses. Estão aqui unicamente como ajuda aos que começam para que não partam dum documento em branco.

Word adapta o tamanho de página ao que tenha disponible na sua impressora. Por tanto, se a sua impressora não tem os tamanhos definidos 19x27 cm e 17x24 cm, mesmo que os abra, word o modificará sem perguntar-lhe. Se não lhe sair o tamanho desejado, terá que definir o formato dentro do word (se a sua impressora o permite).

Em desenho, como na moda ou na arte, não há nada correcto o incorrecto. É una arte completamente liVre. Só existe o que gostamos e o que não gostamos. Em maquetação, que em definitiva é desenho, todas as margens, todos os tipos de letras, todas as combinações de cores .... são correctas se a você, subjectivamente, lhe parecem correctas. Tecnicamente não há problema em imprimir a tese que desenhe.


Modelos para maquetação com word

Plantilhas para maquetação com word em tamanho 19x27 cm, com margens assimétricas de 3cm no interior e 2,5 no exterior, e numeração no pé na zona exterior "a caixa"

Plantilla para el diseño de tesis doctorales en tamaño A4, con márgenes asimétricos y numeración al pie exterior

Plantilhas para maquetação com word em tamanho 19x27 cm, com margens assimétricas de 3cm no interior e 2,5 no exterior, e numeração no pé na zona exterior "a caixa"

Plantilha para o desenho de teses de doutoramento em tamanho 19x27, com margens assimétricas e numeração ao pé exterior

Plantilhas para maquetação com word em tamanho 19x27 cm, com margens assimétricos de 3cm no interior e 2,5 no exterior, numeração a pé da zona exterior "a caixa"

Plantilla para el diseño de tesis doctorales en tamaño 17x24 cm, con márgenes asimétricos y numeración al pie exterior







Capas de Teses de doutoramento

A capa de uma tese de doutoramento é o primeiro que se vê...[saber mais sobre as capas de teses de doutoramento]